Nossa missão é tornar o mundo mais saudável e, para isso, fazemos a gestão de cada pessoa bem de perto, considerando todas suas particularidades.

E uma coisa é certa, quanto mais unimos o cuidado feito pelo nosso Time de Saúde com a prática do autocuidado de cada pessoa, mais conseguimos promover uma vida cada vez mais saudável a cada membro(a) Alice.

Quando falamos de autocuidado, estamos nos referindo a tudo aquilo que você faz para cuidar de si. Ou seja, hábitos de saúde que têm o poder de impactar diretamente a sua saúde fí­sica e mental, que podem ser desde uma atividade física até parar para ler um livro ou o cafézinho no meio do trabalho.

isso mesmo: não precisamos esperar as férias ou o fim de semana, o autocuidado são todos aqueles hábitos rotineiros que promovem o cuidado com nós mesmos. Que influenciam na forma como lidamos com os obstáculos da vida, assim como na maneira como aproveitamos os bons momentos dia a dia. 

Segue o texto que a gente explica um pouco mais.

Os tipos de autocuidado

Ao incluir práticas de autocuidado em nossas rotinas, começamos a perceber quem realmente somos, o que sentimos e como podemos melhorar questões necessárias em nossas vidas. 

Assim, conseguimos entender melhor os sinais que o nosso corpo nos envia, nos tornando capazes de controlar e amenizar sintomas que muitas vezes nos causam ansiedade e depressão, por exemplo. 

Para entender um pouco melhor, podemos separar os tipos de autocuidado em quatro categorias: físico, emocional, espiritual e social. Uma prática saudável de autocuidado leva em conta todos esses aspectos, estando atenta a qual deles precisa de mais atenção em cada momento da sua vida {afinal, a vida pode ser uma grande montanha-russa, não é?}.

  • Físico: Estamos falando de corpo. Já parou para pensar o quanto o seu corpo trabalha para que você seja capaz de fazer tudo o que faz todos os dias? Por isso praticar atividade fí­sica, ter uma alimentação balanceada e saudável e boas noites de sono não é para quem é atleta ou fitness, mas para todo mundo que quer ter uma vida mais saudável. Aqui também valem os cuidados estéticos, desde, claro, sejam saudáveis e te tragam mais qualidade de vida {sim, um dia de spa não faz mal a ninguém}.
  • Emocional: Está ligado ao autoconhecimento e a busca por estar conectado com suas emoções. Afinal, quando nos conhecemos melhor conseguimos identificar o porquê algo nos deixa triste, por exemplo. Para isso, a ajuda de um profissional como um(a) psicólogo(a) é sempre uma boa opção, já que nos orienta na melhor maneira de lidarmos com nossas emoções {e cada pessoa tem a sua forma}.
  • Social: Como dizia o filósofo grego Aristóteles, o homem é um ser social. Ou seja, para a nossa existência é muito importante fomentar e cultivar essa esfera em nossas vidas, pois é nestas relações de troca e aprendizado que nos construímos como pessoas. E quando falamos de social falamos também das relações profissionais, afinal muitos de nós passam a maior parte do seu tempo com pessoas do trabalho.
  • Espiritual: Manter uma rotina espiritual não está necessariamente ligada a alguma prática religiosa e sim em promover alguma prática que seja capaz de conectar o seu “corpo e alma”. O que pode incluir meditações, orações, maior contato com a natureza e com o que mais você acreditar que te faz bem. 

Autocuidado também é sobre impor limites

Há quem pense que reservar um tempo para cuidar de si é egoí­smo. De maneira objetiva, egoÍsmo é quando colocamos interesses ou opiniões em primeiro lugar, em detrimento do bem estar das pessoas com as quais nos relacionamos. Enquanto o autocuidado é cuidar de si, focando no seu bem estar {bemmm diferente}. 

Quem nunca se viu em situações onde é muito difícil dizer não e acabou “dando um jeito” de encaixar uma tarefa na sua rotina? Ao fazer isso, geralmente estamos deixando para depois o tempo reservado para nós. E não só nosso tempo de autocuidado, dizer sim pra tudo nos impede de terminar as nossas própria tarefas – o que nos leva a mais trabalho e no fim menos tempo para as práticas de autocuidado.

Agindo assim, você está se deixando em segundo plano e vamos combinar, aquele aviso do avião de colocar a máscara primeiro em você e depois em quem estiver ao seu lado não é à toa – cuidando de si você fica saudável e pronto para, quando necessário, ajudar quem precisa. 

Autocuidado e saúde integral

Aqui na Alice olhamos para a saúde de forma integral, considerando todas as esferas: fí­sicas, psicológicas, sociais ou emocionais. Para isso, contamos além do time de enfermagem e equipe médica, com nutricionistas, preparadores(as) físicos(as) e psicólogos.

Um Time de Saúde que faz a gestão da sua saúde te acompanhando bem de perto sempre, e não só quando algo dá errado. Que te ajuda com as ferramentas e apoio necessários para que você encontre a melhor forma de cuidar de si todos os dias, esteja onde tiver.

——————————————————————————————————-

Já pensou em medir como anda a sua saúde? Pensando nisso, criamos o Score Magenta, o primeiro índice individual de saúde de uma operadora de saúde no Brasil. Uma tecnologia capaz de calcular o seu índice de saúde, tendo como base os principais pilares de saúde da Alice: qualidade de vida, atividade física, saúde mental, alimentação, sono e hábitos.